14 setembro 2007

Boca



Boca

E essa sua boca
De mel
Que me beija
Cruel
E vai embora
Boca que encontra
Os meus lábios
E me leva ao céu
Boca que deixa
Na minha boca
Marcas profundas
De sabor
De amor
Boca que me morde
Entorpece-me
Invade-me com gosto
E me transfere
Segredos
Sua boca... Minha boca
Seus beijos... Que são
Meus beijos agora
Mas que beijam
E vão embora
Escorrendo
Pelos meus lábios
Como um mel...


Renato Baptista - Direitos Reservados

Nenhum comentário: