09 setembro 2007

Coletânea de Poetrixes




Coletânea de Poetrixes


Mortal

Paixão ferina
Estilhaço de coração
Fere o meu de amor... Mortal.


Verbo Maior

Estatuído e conjugado
Verbo intransitivo perseguido
Corações se fundem ao desejo.


Sexualmente Transmitido

E que despautério, doce sereia
Desperdício pleno no ar
Lábios procuram lábios... Não se encontram.


Ricochete

Olho vivo na mira
Ruído do cão
O alvo sumiu...


Viajante

Violeiro na proa
Barco rio acima transborda
A canção se molha, de lágrimas.


Permanência

Trago de ti o teu beijo
Trago-te como a um cigarro
Bebo-te na fonte, enlouqueço.

Destituído

Brada alto a ordem
Pés descalços sem farda
General sem compoustura.

Platéia


Teu corpo é meu palco
Atuo com desejo como nunca
Só um aplauso, o teu sorriso... Porfim.


Renato Baptista - Direitos Reservados

Nenhum comentário: