27 dezembro 2007

Ciúme no Canto da Boca



Ciúme no Canto da Boca

Para a Bárbara – Minha filha.

E esse teu jeito arruaceiro
De menina faceira
Com o sorriso certeiro
De canto de boca

E esse teu jeito matreiro
De moça sensível
Com o ciúme explodindo
No olhar fulminante

É esse o teu jeito perfeito
De mulher errante
Cavaleira andante
Em busca do santo amor

É esse o teu jeito !
Jeito de menina-moça
Sensível e certeira

Jeito de mulher fulminante
Explodindo perfeita com o ciúme
Escorrendo pelo canto da boca.

Renato Baptista

Direitos Reservados

Nenhum comentário: