29 fevereiro 2008

Meus Sonhos, Teus Sonhos



Meus Sonhos, Teus Sonhos

Meus olhos se fecham
Pelos teus
E choram
Lágrimas sentidas
Incumbem-se de sentir
Toda a tua tristeza
Em nome do nosso amor
Maior
Meus cílios se entrelaçam
Úmidos e brilhantes
Como uma teia ao relento
Tentando capturar e acabar
Com toda a dor
Da tua vida vivida
Com a tristeza
Estampada no olhar
Essa é a minha missão
Tentar fazer-te feliz
Por todo o sempre
Com todo o amor
Que tenho no coração
Dando-te carinho
E conforto à alma
Emprestando-te
O ar que respiro
E alimentando
A tua existência
Com toda a minha
Paixão
Sorria o sorriso
Da verdade
Que flutua no ar
Deixa-te levar
Pelos teus sentimentos
E por todos os teus sonhos
Porque hoje eu tenho certeza
Eles se misturam
E vivem com os meus.


Renato Baptista

Direitos Reservados

Nenhum comentário: