04 fevereiro 2008

O Teu Caminho



O Teu Caminho

Você vem de tão longe
Passos longos
Certeiros
Rota demarcada
Destino conferido
As nuvens, os rios
Tudo se move como você
Você move o mundo
E faz nossas ruas
Não serem mais desertas
Até o vento forte
Muda de rumo
Por você
Os pássaros migratórios
Traçam novos destinos
Só para acompanhar
Você
Você decidida
Com seus olhos brilhantes
E suas mãos inquietas
Você que está sempre partindo
Em minha direção
E em direção oposta
Não importando
Onde eu esteja
E logo
Teus pés andarão
À minha volta de novo
Teus cabelos se misturarão
Aos meus
E teu corpo se fundirá ao meu
Se ele ainda quiser
Sem aflição.

Sua distância infinita
Brinca de festa
Em outro céu
E agora só resta
O silêncio da mais longa espera.


Renato Baptista

Direitos Reservados

Um comentário:

Liliana disse...

Lindo!!!