01 março 2008

Lágrima



Lágrima

u
m
a
lágrima
correu solta
pela minha face
imóvel e molhou o meu
destino deixando um gosto
salgado na minha tristeza pela
tua ausência. ela é mais do que
uma lágrima. guarda dentro
de si uma linda história
de amor perfeito
conquistado


amor que de tão amor que é
acaba por chorar
de alegria por ser
e de tristeza por não estar

é somente uma lágrima pura
cristalina
que encerra todos os segredos
da minha paixão

vem escorrendo devagar
riscando meu rosto atônito
até invadir serena
o meu coração

e lá vem ela de novo
insistente
marcante
será sempre a mesma?

aquela lágrima transparente
que deixou um gosto salgado
no teu beijo
com sua inocência latente

uma lágrima
solta
que encerra
todo o meu amor

uma
lágrima

molhada
de amor

calor
e sabor

mas que um dia
estará

seca.


Renato Baptista

Direitos Reservados

Nenhum comentário: