19 julho 2008

Risco do Desconhecido - Mariam Baidarian


Mariam é uma amiga poeta de Uberlândia. Escreve com personalidade e é sempre autêntica nos seus dizeres, se revela a cada linha e emerge nos textos seja em prosa ou poesia.
É autora do livro “Introspectiva” e presença singular na Universidade Aberta à Maturidade da PUC/SP.

Fragmento do texto de apresentação do Livro CD “Para Concordar ou Discordar”, escrito por Vitória Kachar – Professora Doutora em Educação da PUC de São Paulo.



Risco do Desconhecido
(Do Livro CD “Para Concordar ou Discordar”)


Meu corpo pede você,
Minha cabeça diz não!
Meu sono sonha você
E eu me consumo de paixão.
Neste devo não devo
Eu sei que vou lhe perder,
Nem assim eu me atrevo
A mudar meu jeito de ser.
Eu queria me dar sem reserva,
Correr o risco do desconhecido,
Sem o medo que preserva
Ver o dia amanhecido.
Meu carinho tão envergonhado,
Meu beijo tão desajeitado,
Me faz sorrir de desejo
E querer você ao meu lado.
Eu queria um amor sem culpa,
Que me deixasse inteira e feliz.
Não queria me dar a desculpa
De que foi Deus quem quis.

Mariam Baidarian

Todos os Direitos Reservados

Agradeço à grande Poeta Mariam a honra de me permitir, como presente, publicar essa sua obra aqui na Academia da Poesia.

Renato Baptista



Nenhum comentário: