16 dezembro 2008

Enfim...


2 comentários:

Maria da Graça disse...

Como uma foto da vida, de cada um de nós. Leitura de grande intensidade.
Um beijo ao poeta.
Maria da Graça.
Lisboa-Portugal

Retalhos de Amor disse...

Meio triste... Mas, independente, tua Poesia brilha!!! Estrela maior que é, desde que a conheci!!! Maravilhoso como tua Poesia sempre soube e sabe ser!!! Obrigado por mais este, Padrinho!!! Beijão todo carinho no teu coração, Amigo meu!!! Iza