05 dezembro 2008

Falta algo sobre você



Falta algo sobre você

Algumas vezes eu paro
E começo a imaginar
As pessoas que amaram você.
Então eu me sinto aflito
E saio correndo entre
As árvores...
... Mais e mais, até que
Me vejo perdido
Na floresta
Dos meus sonhos.
Sonhos que me contam
Contos que as fadas
Nem podem imaginar.
Eu me esforço,
Fico tentando decifrar...
Encontrar argumentos
Que me acudam.
Mas nem você
Pode me ajudar
Porque você, eu vi
Não mora mais ali.
A floresta está vazia,
Calada como você
Quando olha para mim
Com aqueles olhos
Que escondem.
Mas não faz mal,
Os espíritos gritam e o eco
Se faz poderoso.
E um dia, ainda,
Eu vou aprender tudo
O que falta sobre você.

Renato Baptista

Todos os Direitos Reservados

Um comentário:

Iza disse...

Oi, Padrinho!!! Já estive aqui antes, li e reli... Mas, sem tempo não deixei comentário!!! Porém, não poderia deixar de voltar para dizer do tudo que exprime estes teus versos!!! Para mim, perfeitos... Não faltando nadinha para estar na passarela dessa tua Espetacular Poesia!!! MAGNÍFICOS VERSOS, meu tão Querido Amigo!!! FELIZ NATAL!!! A ti e a todos que te são queridos, Amigo meu!!! Beijo grande no teu coração!!! Iza