28 fevereiro 2009

ENCONTROS - Isolda Bourdot



Isolda Bourdot é uma das maiores compositoras do Brasil. Música e poeta maior, presenteia-me aqui com um poema especialmente lindo.
Meu agradecimento à amiga pela honra de me emprestar o seu talento e abrilhantar este espaço.

ENCONTROS


Sonho seria encontro
Ou desenho de um desejo?
Afinal, o que é um beijo?
O que se denunciou?
Encontro que se realizou
Ou falsa realidade?
Qual das duas é a verdade
A que passa ou a que ficou?
Já que são os sentimentos
O que se leva por vidas
Quantas histórias sentidas
Se vive em sonho ou não?
Qual seria a realidade
Seria a continuidade,
A rotina, o tempo, a idade
Ou a outra? – A emoção...
Aquela que fica, marca
Do inconsciente ao consciente
O dia inteiro ainda quente...
É o falso, o que não passou?
Mas falso ou não, esse encontro
Esse sonho, esse alerta
Se a alma está desperta
Desperto é o que se sonhou
E embora eu guarde comigo
O desejo e o acontecido
De uma coisa eu não duvido
Ontem, você me beijou

Isolda Bourdot

Isolda é compositora com mais de 300 musicas gravadas por muitos intérpretes, mas que ficou mais conhecida pela música “Outra Vez” que fez grande sucesso na voz de Roberto Carlos. Mantém um selo e uma editora, a "Toca Disc". Gravou seu proprio CD e escreveu um livro: -"Você também faz musicas?"; este tem a intenção de dar um help para turma que está se iniciando na arte de compor.

http://blogisolda.blogspot.com
http://www.isolda.mus.br
http://www.tocadisc.com.br

3 comentários:

Martha Gomide disse...

Sou fã da Isolda. Adoro a musica Outra vez. Um presente mesmo, como você diz, poder ler uma poesia dela aqui.
Um beijo pra você Isolda.
Martha Gomide

Retalhos de Amor disse...

Parabéns, Isolda...
Tua Poesia resplandece!!!
E a tua música Outra Vez...
É uma da minhas preferidas!!!

Beijão no teu coração e no do
Padrinho... Esse Amigo tão Querido!!!
Iza

Júlia da Paz disse...

Grande Isolda. Sou sua fã incondicional. Sua música me dá arrepios. São lindas como sua poesia aqui colocada.
Beijos dessa que é sua grande admiradora.
Júlia da Paz