10 março 2009

Borboleta Branca



Borboleta Branca

Vindo e povoando os sonhos
Como espírito alado
Borboleta branca se anuncia
Luz protetora divina
Brinca com as nuvens
Atravessa o espaço
E brilhando como Deus
Segura a sua mão
Abre sorriso que não se vê
Apenas se sente
E abraça os seus sonhos
Presença constante que é
Guarda sua alma linda
Beija seus olhos
E encanta os pássaros
Com suas asas brancas
Que batem no compasso
Do seu coração eterno
E assim, denuncia sua presença
Anuncia sua volta
Gritando que vive por amor
Pelo seu amor
E nas suas andanças etéreas
Povoa o céu de esperança
Escutando Jesus
E espalhando sua luz
Por sobre os seus ombros.

... Voe borboleta branca
Voe e corte o vento
Vá e volte e conforte
Os que são seus
Os que o amam.


Renato Baptista

Direitos Reservados

11 comentários:

Lua de Cristal disse...

Um poema muito bonito que guarda um sentido oculto. Cada um o lê como melhor preferir. Para interpretação.
Será que tem uma forma de eu entrar em conato com você poeta? Pode ser e-mail, o que você sugerir.
Beijos
Lua de Cristal

Renato Baptista disse...

Lua de Cristal é um belo codinome... o verdadeiro nome deve estar na face oculta.
Mas... brincadeiras à parte, posso sugerir sim uma forma de você menater contato comigo. Seria por aqui neste espaço de comentários ou mesmo no Mural de Recados do Blog.
Peço desculpas a você mas assuntos referentes a poesia são tratados aqui.
Volte sempre e obrigado pela visita e comentário
Renato Baptista.

Lua de Cristal disse...

Nossa mãe! Acho que seria interessante vasculhar a face oculta, como você disse, para descobrir o que ela guarda, mas pelo visto deparo-me com algo muito reservado ou será que é estrelismo acentuado do poeta que se manifesta?
Lua de Cristal

Renato Baptista disse...

Bem... é assim, como eu disse, é uma honra para mim sua visita e comentário... mas dentro da circunstância, a dúvida é a seguinte: Dentro de um conceito universal e ordem por importância, o que tem mais valor? Uma estrela ou um satélite que fica eternamente à volta...?
Como eu disse, volte sempre e deixe seus comentários... serão bem vindos.
Renato Baptista

Lua de Cristal disse...

Já vi que se ofendeu. E apenas queria me apresentar. Mas tudo bem poeta, escreverei por aqui já que você insiste mas depois não venha com desculpas.
Beijos da Lua de Cristal e seja feliz

Renato Baptista disse...

Só para deixar claro... os assuntos referentes a poesias e recados pertinentes são muito bem vindos. Qualquer outro tipo de contato será deletado.
Este é um espaço de poesia e paz, não de discussão.
Renato Baptista

Mario Roberto Guimarães disse...

Grande brother Renato, eis mais um poema com a marca registrada do seu talento, que lemos e admiramos.

Parabéns, um abraço,

Mario.

O Poeta Louco disse...

Poeta Renato Baptista.
Uma poesia sem igual, que vem direto à alma da gente. Espíritos que nos protegem, nos ensinam e fazem que a nossa fé prevaleça.
Posso ser Louco mas enxergo.haushaushuasa
Um abraço portentoso desse seu amigo Poeta louco!

Luiza De Marillac disse...

Querido Poeta Amigo, Renato:

Dá para imaginar as asas da borboleta alcançando os céus, num voo maravilhoso, seus versos me remeteram à uma viagem incrivelmente pacífica, de amor, e de candura. Parabéns por esta linda obra, amigo. Beijo* da aiga Luiza

Retalhos de Amor disse...

Apenas para sentir, transportar
a alma na amplidão dos versos teus!!!
Obrigado por este momento que
aqui passei, Padrinho...
Demais de lindo!!!
Beijos mais, viu...
No coração!!!
Iza

Anônimo disse...

Amigo-Irmão-Camarada...

como todas as tuas poesias e variedade de textos afins, "Borboleta Branca" é mais uma expressão máxima do teu veio poético-humano em versos Lindos.
E contrariando alguma opinião, não vejo nada de "face oculta" ou intenção de...a não ser como é claro para quem te conhece há anos, um ver mais além...a percepção de quem se importa com a alma, sua e dos outros, e sabe (d)escrever sobre. Amei,Amigo!
Beijãozão de Luz, com carinho.
Veronica de Nazareth-Noic@