27 abril 2009

A Cor dos teus Olhos



A Cor dos teus Olhos

Simplesmente não me saem do pensamento
estes teus olhos penetrantes,
embotados, carregados de lágrimas congeladas
que não sabem escorrer.
Este silêncio dos teus olhos,
que aprenderam comigo a sorrir,
me encanta, me alucina.
Aprendi a decifrar neles
os cantos da tua saudade
e da tua felicidade escondida.
Leio fácil estes teus olhos
que me revelam teu segredo.
Eles me contam que sou teu,
me contam teus desejos secretos
durante as madrugadas frias e quietas.
Madrugadas em que olho para cima,
para o céu e procuro estes teus olhos
nas estrelas.
Torcendo com os dedos torcidos
para encontra-los brilhando,
porque sei, um dia,
eles vão brilhar por trás das tuas lágrimas.
Mas hoje, estes teus olhos tristes,
apaixonados, escondem ainda
toda a tua tristeza eterna.
Estes teus olhos negros,
frios, congelados, embotados,
que sorriem amarelo,
precisam aprender
o vermelho do chorar.
Chora tua dor que te machuca.
Chora essa tua eterna tristeza de uma vez.
O mesmo Deus que te mandou
para viver um amor tão louco,
cumpre proteger a quem chora tuas tristezas
e tuas alegrias.
Está faltando isso.
Teus olhos chorarem as lágrimas brilhantes
que formarão a ponte entre a nossa vida agora
e a outra vida que virá.
Chore em paz meu amor.
Deixe escorrer tuas felizes lágrimas arco-íris,
coloridas, doces, enquanto eu à distância
vou vivendo você, respirando você
e guardando teus segredos secretos
para sempre.
E tudo isso porque nossa vida...
...é assim.


Renato Baptista

Direitos Reservados

3 comentários:

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Irmão-Camarada...

esta "A cor dos teus olhos", belíssima, é um "ler por dentro" de muitas pessoas, nos seus sentires mais profundos, onde me encontrei e enquadrei também. É isso, amigo: às vezes, por mais que alguém já tenha chorado, ainda faltam as "últimas gotas"/lágrimas, aquelas que seriam capazes de umedecer e "acimentar" as dores, deixando-as em "blocos" eternos, mas no devido lugar...Incrivelmente belo, amigo Renato! Um (en)canto único, que amei reler, depois de tanto tempo que acho que li no site.Valeu trazê-lo para ser mostrado aqui; algumas poesias podem ficar em lugar único, outras merecem andar por todos os cantos visíveis. É o caso desta.
Carinho e amor-amigo. Bjs

Retalhos de Amor disse...

O amor além do olhar do mundo,
sabedor da alma e do coração!!!
Dádiva para poucos!!!

Emocionado Poema, nas cores
que só o amor sabe pintar!!!

Beijos...
No teu terno coração,
Amigo meu!!!
Iza

Renato Baptista disse...

Veronica e Iza...Agradeço as palavras tão especiais sobre esses "meus" olhos.
Beijos* a vocês.