02 abril 2009

Dueto com Beatriz Prestes



Despertei de sobressalto//manhãs da alma são assim quando se ama
Preciso desempilhar idéias//descobrir o que vai no coração, eu sei
Promover o sorriso da alma//e o doce sorriso dos lábios que já senti
Que anda em mim tão apagado//por falta de um olhar paixão verdadeiro
Fazer revoada, bagunças do ar//se desvencilhando de promessas incautas
Quero viajar para dentro//e sentir onde é seu lugar, não uma brincadeira
Vasculhar o meu mundo//teu mundo eu sei onde é
Desempoeirar minhas asas//porque só anjo têm asas
E voar........//voar com destino certo, não com o vento.

Porque na vida, que é tão curta, não há tempo para tantas invenções e dor que se queira. É preciso saber viver, disse o poeta...

Beatriz Prestes // Renato Baptista

4 comentários:

Retalhos de Amor disse...

Depois de um tempinho, é
maravilhoso encontrá-los
em Versos Entrelaçados
mais uma vez, meu Amigo e
Amiga Querida!!!
E, como sempre...
Magnífico Dueto!!!
Beijo todo carinho no coração
d'ocêis, viu!!!
Iza

O Poeta Louco disse...

Meu amigo Renatão,
Muito legal essa poesia a 4 mãos. Fica interessante ver como os versos se completam. Não peço para você fazer comigo porque sou Louco mas não louco...ashausaushuash
Vou te mandar mais umas poesias para você publicar aqui, posso?
Um super abraço um e um beijo da minha Lara.
O Poeta Louco.

Renato Baptista disse...

Obrigado Iza pelo comentário. È uma alegria imensa estar com a Beatriz em dueto. O poema dela é especialmente lindo e não merecia que eu o estragasse....rs
Beijo*

Renato Baptista disse...

Ô Louco....Obrigado pela visita....Claro que você pode mandar poemas.....mas vai passar pelo meu crivo....rsrsr
Abraços e beijos aí.
Renato Baptista