13 abril 2009

Infidelidade



Infidelidade


No verdadeiro poema de amor
Dueto de um só
Porque bailas por lá... como sempre.


Renato Baptista


Direitos Reservados

2 comentários:

Anônimo disse...

isso mesmo Renato
to contigo.
traidoras que ficam de caso por ai tem que serem detonadas.
voce e paixao total Re lindo.
estou e continuo com voce sempre

Renato Baptista disse...

Anônima... É o seguinte... Não adianta esse tipo de provocação barata...Não vou retirar o seu comentário para que todos vejam a que ponto chega alguém que é do mal.
Se fosse como vc diz aí, você se identificaria e deixaria tudo claro, mas como é apenas algo provocativo e ilógico, você se esconde.
Agradeço você ter visitado o meu BLOG...pelo menos você mostra que lê as poesias....apenas não consegue discernir o que elas querem dizer de verdade.
Creio que você precise ler mais.
Renato Baptista