17 julho 2009

Poesia e Desejo



Poesia e Desejo

E no coração
O pranto virou sorriso
A partida virou chegada
A agonia virou felicidade
Poemas brincam soltos no ar
E a esperança enfim virou poesia
Mais que poesia... Nasceu o desejo
Dos toques certeiros que arrancam estrofes
Com suas palavras mágicas e soberanas que falam
E repetem...O amor vira verso, o coração universo
E a alma se torna arte em reverso, virando poesia.

Renato Baptista
Direitos Reservados

2 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! É, realmente nesse nosso mundo maravilhoso, tudo se transforma.

Tenha um ótimo final de semana.

Abraços,

Furtado.

Retalhos de Amor disse...

Na arte do Verso
... Sublime Poesia!!!

Sempre um passeio emocionado
Nestes teus caminhos, Padrinho!!!

Beijo, Amigo meu...
No coração!!!
Iza