10 agosto 2009

POEMINI 37


3 comentários:

Retalhos de Amor disse...

Aprendendo...
... Sempre!!!

Beijos, Padrinho
No teu terno coração!!!
Iza

Anônimo disse...

Renato, incrível sua percepção poética das imagens.
Numa era onde a imagem fala tanto... foi grande sacada a criação dos poeminis.
'Mó" orgulho de conhecer (mesmo que virtualmente) o pai deles.
Parabéns!!

Beijos ternurentos

Clau Assi

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Meu Irmão-Camarada...

tão bom voltar aqui, te ler e sentir esses "gritos surdos" de tanto querer e esperas. Que se tornem chegadas, amigo.E essa mistura de sal e mel, hein? Tudo de lindo! Saudade. Bjs.