08 setembro 2009

COMO ESCREVER "POEMINIS"

POEMINIS

Escrevi certa vez um Mini-Poeminha. Este foi o primeiro de uma série que batizo de "Poemini".

Imponho-me assim algumas regras de escrita que são as seguintes:

1 - O Poemini deve ser acompanhado de imagem / ilustração, que o inspira. O poema pode estar dentro da imagem ou abaixo dela.

2 - Poemini não tem título, apenas numeração....o Título é a própria ilustração.

3 - A composição é feita por 2 versos com no máximo 12 sílabas poéticas no total.


Pode-se fazer uma sequência que conta uma história ou um pensamento, ou vários poemas sobre um tema, mesmo não existindo ligação direta entre os textos... Apenas neste caso o Poemini deve ser identificado por um título (apenas uma palavra) e numerado. Ex.: "Poemini - Sensação 01".

Pode haver dueto em forma de resposta... Seguindo-se as mesmas regras do POEMINI. Nunca o dueto deve dar sequência aos versos, senão os descaracterizam, e sim, ficar abaixo da raiz como resposta ao pensamento.

"POEMINI" é apenas um exercício de compactação do resumo da síntese de um sentimento momentâneo... Mais um aprendizado.

Renato Baptista

3 comentários:

daufen bach. disse...

Olá meu Bróder. Adorei a idéia dos Poeminis. É um belo exercício! Vou construir alguns sim.

Passa lá no Omnia tem um presente pra ti. Não sei se tu curte essa coisa de selos, mas recebi um com a missão de repassar para os meus blogues favoritos... o teu é um deles, entonces, se vira parceiro!..rs.

Abraço a ti.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Renato! Gostei da idéia. Contar uma história em apenas dois versos. Vou tentar.

Abraços,

Furtado.

POESIA CÁ E LÁ disse...

Essa brincadeira é deliciosa....me delicio comos poeminis...escrevendoe saboreando os dos amigos.

Parabéns pela idéia, Renato.

beijos ternurentos

Clau Assi