11 outubro 2009

Intróito


Intróito

Como funâmbulo insone
Caminhando de olhos abertos
Entre o ser e o não ser
Entre o esperar e o acontecer
Após surriada estonteante

Conduzo através da heurística
Minha compostura solene
Desacreditado, quem sabe
Mas ciente das virtudes
E contrário à violação da vida

Encolerizado, busco a calma
Arredio, procuro a serenidade
Encovado, tento respirar
Sem me deixar esmaecer
Sem perder meus sentidos

Réstia me conforta e busca
Colorindo meu olhar congelado
Moderando minha dor calado
Aparando os espinhos encravados
E me fazendo levitar, amar.

Renato Baptista

4 comentários:

Átila Siqueira. disse...

Gosto muito desse tipo de poesia pós moderna. Acabei de conhecer seu espaço, e gostei muito.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Retalhos de Amor disse...

Comentando neste, Padrinho...
Mas li/senti todos ainda não
sentidos e, como voei nas asas
da tua Magistral Poesia...
Sublimado céu, este, dos versos
teus, meu Amigo!!!

Dia feliz pra ti!!!

Beijo carinhoso...
No teu coração, Padrinho!!!
Iza

Silvana Nunes .'. disse...

Maravilha o seu cantinho.
Na intenção de divulgar o meu trabalho, cheguei até você.
Gostei muito do seu espaço. Eu não estou podendo ler tudo de uma vez porque a tela do computador atrapalha um pouco a minha visão, mas certamente voltarei mais vezes. O meu oftamologista pediu que desse um tempo da telinha... e eu sou fraca ?
O meu território já está demarcado.
Convido a conhecer "FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER.." ( o seu cantinho de leitura), em:
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Terei sempre uma história para contar.
Saudações Florestais !

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Camarada...
Amei e amei, sem dúvida! Mas (quase) fez silenciar minh'alma...tão fortemente senti certos "espinhos encaravados"...os reconheci...sofremos de um mesmo mal, meu amigo. Mas sofremos calados, caindo em pé, acreditando no que realmente somos, nas nossas essências, o que mais importa e fica, neste mundão de tantas dores que nos causam e algumas vezes nem têm noção...
Belíssimo! Bjs

Eu queria mesmo era poder comentar todos, mas pelo tanto que me demora para abrir novamente, cada vez que clico em +um comentts, hoje ao menos, vou ter que ficar por este...mas lendo tudinhooo.Bjs