03 abril 2010

Poesia e Melodia



Poesia e Melodia

Tudo o que eu queria
Era conseguir
Escrever uma poesia
Musical
Já escrevi em pauta
De música
Clave de sol, clave de fá
Compasso e metrônomo
Contrabaixo acompanhando
Ritmo, bateria e background
Aumentei o volume
Equalizei a lapiseira
E nada...
A poesia continua
Seca, estampada
Impressa e crua
Sem melodia
Sem cor
Sem graves nem agudos
Sem alcançar o brilho
Que eu queria te dar
Mas saiba...
...Ela é Tua.

Renato Baptista

8 comentários:

Tânia Meneghelli disse...

Oi Renato!

Feliz da pessoa que inspira um poema, seja ele sem melodia, sem cor, sem graves, nem agudos...

Um simples pensamento voltado pra alguém, principalmente quando eternizado por palavras - mesmo não sendo as ideais, é algo maravilhoso.

Uma belíssima Páscoa pra você e seus familiares, tá?

Beijoca!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Renato! Passando para te desejar uma ótima Páscoa juntamente com os teus e dizer que amei o poema, muito sensível e profundo.

Abraços e fiques com DEUS.

Furtado.

Beatriz Prestes disse...

Maravilhoso o alcance do teu poema Renato!
Conseguiu acordes.....e as notas mais afinadas e difíceis!
Maravilhoso quem consegue criatividade, colocações inusitadas, surpresas no que virá em próximo verso....
Maravilhoso sempre teu talento inesgotável e sem comparação!
Beijo, parabéns
Bea

Valdecy Alves disse...

Olá!

Recentemente o Instituto Sangari publicou estudo sobre a violência nos últimos 10 anos no Brasil. Dados alarmantes, que demonstram que a violência que nos assusta no local onde moramos é um fenômeno nacional. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? ALGUMAS REFLEXÕES? QUAL O PAPEL DE TODOS? Leia! Divulgue e deixe seu comentário:
www.valdecyalves.blogspot.com
Veja um vídeo do qual participei comentando sobre a violência na mídia:
http://www.youtube.com/watch?v=ljsdz4zDqmE
FELIZ PÁSCOA PARA TODOS! Não deixe de seguir o meu blog e assinar o feed.

Sonhadora disse...

Meu querido Amigo
Maravilhoso poema...melodia intensa.
Obrigada pelo carinho


Beijinhos
Sonhadora

Márcia Vilarinho disse...

Acor e o tom...o som enfim, ficam por conta da extrema sinceridade posta em poesia. Lindo!

Leonam Souza disse...

Caro Renato,
Belíssimo blog com excelente conteúdo. Ja estou seguindo-o e inseri seu banner no http://leonamsouza.blogspot.com
Vamos consolidar esta parceria. Grande abraço. Leonam

daniel duarte disse...

É tenho que concordar é algo muito difícil das vida a poesia atraves da musica, eu tambem já tentei várias vezes e nunca sai nada. Não se chateie amigo uma dia suas poeias vão ganhar compasso sozinhas, e sempre diferentes pois, que vai imaginar esse compasso vai ser o leitor.. E com ele a certeza que tua poesia é magnífica.