18 julho 2010

Eterna Melodia

6 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido Renato
Lindo poema, uma eterna melodia, falando de amor.

beijinhos
Sonhadora

Márcia Vilarinho disse...

A eterna melodia da vida regida pelo Maior dos Maestros. Lindo, Renato, lindo!

Beatriz Prestes disse...

Melodia que vem entoando o amor!
Poesia envolvida em suavidade e plenitude!
Lindos teus versos!! Lindos!
Beijo
Bea

Clecilene Carvalho disse...

Feliz dia do amigo. Beijos no coração.

daniel duarte disse...

Caro Renato o universo é uma sinfonia maravilhosa mesmo... com uitos timbres, acordes e escalas que variam a cada minuto variam de compasso e a deixam única. Bela, cruel, amavél, odiável... Tudo depende dos ouvidos que a ouvem...

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Irmão-Camarada...
impressionante como todas as coisas "do coração" gostam de "encaminhar para uma melodia"...e normalmente remissiva...e tu, ainda aproveitas para "lavar a alma" nos sempre belos versos, né?
Ah, saudade que eu estava de vir aqui! Gracias Diós, que hoy pudo venir! Bjs