03 agosto 2010

Passageiro do Tempo

Passageiro do Tempo

e eu
passageiro do tempo
carregando as dores
enxugando suores
tentando esconder
as noites mal dormidas
enxugando veneno
que vem das sombras
e se espalha entre nós
e entregando amor
beijando a paixão
tentando mostrar
que o espelho
reflete o que fica na sua frente
e não o que queremos ver.

e eu
passageiro do tempo
caminhante das sombras
um simples e mero adivinhador
que vê além , às vezes
e sonha com um amanhã sem dor.

Renato Baptista

Nenhum comentário: