03 dezembro 2010

Pedacinho de Sonho/Vida - Dueto com Beatriz Prestes


Poema inspira poema em um doce movimento
Versos adornam a alma e a música prevalece
E assim se faz poesia plena, imortal, serena...

PEDACINHO DE SONHO

Encontro de almas, reencontros...
Brindemos a felicidade
Que acreditamos tanto que nos espera
Dos amores ditos verdadeiros
Fazer de conta, que a qualquer momento
Tudo estará ali, repleto de frescor
Como se não houvesse distância ou tempo
Café com leite quente, abraço conhecido
Sorriso desavisado contando sem reservas
O que há em mim de amor, tudo o que acreditamos
Peito aberto, carregado de palavras sem medo
O que for precioso, bem cuidado e preservado
Acreditar que tudo pode ser partilhado
Recados dos olhos, beleza da confissão
Imensidão sem preço da confiança
Flor perfumada que se abre sem cicatriz
Presença leal que conforta o coração.

Beatriz Prestes


PEDACINHO DE VIDA

Suavidade que brinda
Enaltece o momento
Corpo aberto
Alma entregue
União sem pudores
Partilha doce
E no ar um perfume
Cheiro particular
Do amor que alucina
Olhos nos olhos
Boca na boca
Palavras de amor
Ao vento
Predicado delicioso
De um acordar sem tempo
Pedacinho de vida
Pedaços de paixão no ar
Música que invade a alma
Amor inteiro em movimento.

Renato Baptista