21 fevereiro 2011

Teu Corpo Nu

8 comentários:

SolBarreto disse...

Amei o poema, lindo, sensual e totalmente envolvente!

Beatriz Prestes disse...

Deveríamos viver e encarar os dias assim...como se não houvesse amanhã.
Cada verso teu parace que chega com a "cura" de todas as aflições de toda falta.
A cadaa verso, um bálsamo diferente.
Demais lindo!! Inteiro querer!
Beijo carinhoso
Bea

Blog Na Onda disse...

Academia da Poesia ... O mlhor lugar pra se malhar.. o cerebro.. Site mto bem feito! Parabens pelo blog! Abraços do Blog Na Onda!

Sonhadora disse...

Meu querido Renato

Sempre a sensualidade na ponta dos teus dedos, para nos darem poemas tão belos.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Renato Baptista disse...

Sol...

Obrigado pela visita e palavras deixadas. Sua visita é sempre muito importante, amiga.

Abraços*

Renato Baptista disse...

Beatriz...

Feliz por seu comentário tão apropriado. Você tem razão, deveríamos fazer os nossos dias sempre assim, imaginando-os sem amanhãs... é como, talvez, podemos dar a importância aos nosso momentos.
Obrigado pela linda interpretação e por sua visita.

Beijo*

Renato Baptista disse...

Na Onda...

Agradeço essa sua primeira visita... espero que sejam muitas... O que você disse é um incentivo e tanto.
Obrigado mesmo.

Abraços*

Renato Baptista disse...

Oi Rosa...

É sempre uma honra receber a sua visita sempre tão importante.

Abraços* minha amiga.