12 fevereiro 2011

Transformação

6 comentários:

Ana Maria Pupato disse...

Visceral, filosófico e tão humano! Amei!
Beijos mil!!!

Beatriz Prestes disse...

E as transformações vão acontecendo assim...num momento talvez de lirismo da alma, nasce a mais tocante composição...versos invadem e ficam nos embalando por dentro.
Lindíssimo!!
Magistralmente escrito!
Beijo
Bea

Márcia Vilarinho disse...

Renato, a força dos sentimentos somada e acoplada a tudo que já trazemos dentro de nossa "caixa branca" nos faz assim direcionar palavras para expressar o que nos invade e essa maravilhosa possibilidade se chama vida. E a vida é a nossa melodia, escrita em pequenas e diárias partituras ou poesias ou sintonias ou sinfornias ou simplesmente palavras tais quais amor. Que lindo!

Sonhadora disse...

Meu querido Renato

Lindo como sempre...as lágrimas se transformando em poesia...os sonhos em prosa.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Osmar Santos disse...

Louca vida... vezes tempestades e logo tudo tranquilo novamente!
E tudo começa outra vez!

Carmem Teresa disse...

Essa transformação mágica da vida em poesia e vice-versa confere aos seus textos a força da realidade e o encanto da fantasia...