07 junho 2011

Sentido Doce

Um comentário:

Carmem Teresa disse...

Boa noite, Renato
Essas sombras , metáforas que são da própria palavra poética, surgem-nos como o vulto do eu-lírico encontrando seu amor e seu texto....Gostei muito da construção.
Carmem Teresa Elias
htpp://poesiasdecarmemteresa.blogspot.com
e htpp://poesiasperfumadasdeterezamaria.blogspot.com

e Casa da Poesia

FORTE ABRAÇO !!!!!!