11 julho 2011

Teus Olhos

2 comentários:

Artes e escritas disse...

Um olhar marcante permeia o seu poema. Um abraço, Yayá.

Beatriz Prestes disse...

Alguns versos apenas, e o universo de tudo quanto possa haver de precioso...
Do amor levamos o que a alma pode guardar.
Lindo realmente o marcante de seu poema!beijo
Bea